Portal do Produtor


VINDIMA 2021

Os especialistas em viticultura analisam parcelas homogêneas de solo, exposição e castas. Eles recolhem um determinado número de bagos de uva, que é encaminhado para o laboratório. No local de destino, esses bagos são pesados esmagados. Dessa forma, são analisados os níveis de açúcar e ácidos do sumo.

O que acontece com a uva ao longo da maturação?

O avanço da maturação das vinhas faz com que ocorra uma perda gradual dos ácidos málico e tartárico. Isso implica em maior concentração dos açúcares. É por isso que o dulçor de cada vinho depende dos gráficos ideais da colheita da uva. Quando mal efetuada, ela interfere diretamente na conservação e na qualidade das uvas e, consequentemente, dos vinhos e sucos.

 A colheita interfere no dulçor e grau de álcool do vinho?

Primeiramente, é necessário medir o teor de açúcar das uvas para, então, estabelecer o grau alcoólico que o vinho terá. Geralmente, para cada grau de álcool, deve haver 17 gramas de açúcar. O enólogo e o viticultor já conseguem prever a melhor época para a colheita, acompanhando constantemente a concentração dos açúcares e dos ácidos nas uvas, que precisam se manter equilibrados.

Quais são os principais tipos e colheita da uva?

colheita  da uva, originalmente, acontecia de forma manual. Esse contexto culminou na criação de outra modalidade de colheita da uva: a mecânica. Atualmente, essas duas atividades acontecem em maior ou menor proporção. Tudo depende da tradição local e do tamanho dos vinhedos.

Colheita de uva manual

É muito praticada em locais com relevos mais acidentados, e muitos produtores também a executam em vinhos com produção limitada, em vinhedos de parcelas únicas, vinhas velhas. Dependendo do tipo de terreno e da condução da vinha, um grupo de 10 viticultores pode colher, aproximadamente, 1 hectare por dia. A colheita manual oferece maior qualidade do vinho, já que ela acontece de forma mais detalhada e minuciosa. Isso faz toda diferença na seleção de videiras, cachos e bagos que compõem os vinhos doces botritizados. 

Colheita de uva mecânica

É mais utilizada em hectares mais extensos e planos, em produções de maior escala. Esse tipo de colheita corresponde ao trabalho de 5 viticultores na proporção hora/hectare. A colheita mecânica, para ter sucesso, depende da qualidade dos equipamentos e do trabalho minucioso do operador da máquina. Ela também deve levar em consideração a distância da vinha à adega, do nível de proteção das uvas, entre outros fatores. Na maioria dos casos, a colheita da uva mecânica é aplicada às uvas tintas, já que não oferece desvantagem significativa em relação à colheita manual. 

Colheitas especiais

Alguns tipos de vinhos são preparados com uvas atacadas pela podridão nobre ou uvas geladas. Eles estão inseridos em um contexto das vindimas mais difíceis e caras do mundo. No caso da podridão nobre, o fungo ataca gradualmente a colheita. Dessa forma, a vindima deve ser realizada em diversos momentos justamente para apanhar as uvas ou as partes atingidas pelo fungo. Atualmente, muitos produtores estão optando pela colheita noturna. Esse período traz muitos benefícios para as uvas, para o processo de vinificação e para o vinho, como uma maior preservação da acidez, dos aromas e sabores naturais da uva, entre outros.

Compartilhar artigo

Notícias relacionadas

Nenhuma notícia relacionada.